sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ 2011!

AGENDA DO SIMEC:
  • IMPLANTAÇÃO IMEDIATA DO PISO SALARIAL DE R$7000,00
  • GRATIFICAÇÃO DO ATO MÉDICO 
  • ISONOMIA SALARIAL
  • IMPLANTAÇÂO IMEDIATA DO PCCS (PLANO DE CARGOS, CARREIRA E SALÁRIOS)(ação judicial movida pelo  simec em fase de sentença-PROCESSO Nº 0039300-10.2009.8.19.0014)
  • REGIME JURÍDICO ÚNICO
  • RETORNO DO CÓDIGO 7 
  • MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO, SEGURANÇA E REMUNERAÇÃO
  • EDUCAÇÃO CONTINUADA
  • RETORNO IMEDIATO DO PSF
  • MAIS RESPEITO ÀS ENTIDADES REPRESENTATIVAS

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

DECEPÇÃO DE UM LADO, SILÊNCIO DO OUTRO!

Plantonistas dos PUs Guarus e Saldanha Marinho não receberam a gratificação da lei da desisonomia. Que decepção ! Terão um Natal magro. No portal da prefeitura, silêncio!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A UNIÃO (DES)FAZ A FORÇA

"Disposição" do Prefeito Nahim  para o diálogo abre caminho para  as reivindicações da categoria nas outras unidades da PMCG. Procurem o sindicato!

Nossas reivindicações para a categoria:
  • IMPLANTAÇÃO IMEDIATA DO PISO SALARIAL DE R$7000,00
  • GRATIFICAÇÃO DO ATO MÉDICO 
  • ISONOMIA SALARIAL
  • IMPLANTAÇÂO IMEDIATA DO PCCS (PLANO DE CARGOS, CARREIRA E SALÁRIOS)(ação judicial movida pelo  simec em fase de sentença-PROCESSO Nº 0039300-10.2009.8.19.0014)
  • REGIME JURÍDICO ÚNICO
  • RETORNO DO CÓDIGO 7 
  • MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO, SEGURANÇA E REMUNERAÇÃO
  • EDUCAÇÃO CONTINUADA
  • RETORNO IMEDIATO DO PSF
  • MAIS RESPEITO ÀS ENTIDADES REPRESENTATIVAS

AGENDA DO MOVIMENTO MÉDICO
Mais recursos para o SUS – pela imediata regulamentaçãoda EC 29. Atualmente, o Brasil é o país de sistema universal de acesso à saúde com menor financiamento público.
Mais regulação na saúde suplementar – pela atuação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) na relação entre os médicos e os planos de saúde.
Mais condições de trabalho e remuneração – pela adoção do PCCV e da CBHPM, pelo reajuste dos valores da Tabela SUS, pelo fim da precarização e da terceirização do trabalho, pela criação da Carreira de Estado.
Mais qualidade na assistência – pela garantia de integralidade das ações de saúde com a hierarquização do atendimento e por melhores condições de trabalho.
Mais eficiência na gestão – pela qualificação e profissionalização da gestão pública dos serviços de saúde.
Mais qualidade na formação médica – pelo fim da abertura indiscriminada de escolas médicas no Brasil e pela exigência de ensino de qualidade naquelas em funcionamento.
Mais respeito às entidades representativas – pela valorização da representação dos médicos no cenário político, que devem ser ouvidos na tomada de decisões que afetam o seu trabalho e a saúde da população.

VITÓRIA ! MÉDICOS DO FERREIRA E NAHIM INICIAM DIÁLOGO E JÁ SURGEM GANHOS PARA A CATEGORIA

 O Prefeito Nahim esteve na manha do dia 02/12/10 no Hospital Ferreira Machado reunido com representantes do movimento quando reconheceu a pertinência das reivindicações e determinou as seguintes medidas:
  1. Será retirado da Lei nº8.187,de 04 de novembro de 2010. o parágrafo "da escravidão" que diz: "... §2º-A gratificação somente será devida no mês que o servidor público ou contratado temporário não tiver nenhuma falta ao serviço, mesmo que justificada, licença médica ou outro motivo de afastamento temporário.".
  2. Os médicos do Ferreira Machado terão uma gratificação específica reajustável anualmente.
  3. Dois membros do movimento participarão do grupo de trabalho (leia aqui) para estudar a implantação do piso salarial, incorporação das gratificações aos salários e PCCS da Fundação João Barcelos Martins.
Decidiram em assembléia realizada as 20 h do dia 02/12 manter a mobilização marcando nova assembléia para data  a ser divulgada, quando avaliarão os desdobramentos do movimento.
 Saiba mais sobre as repercussões  do movimento aqui .
Atualização : Os médicos Márcio Ribeiro de Andrade e Rodrigo Rambaldi Reis da Silva foram indicados pelo movimento para participarem do grupo de trabalho.